TÓPICOS DE ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS COGNITIVAS E AFETIVAS EM AMBIENTES COMPUTACIONAIS DE APRENDIZAGEM
Código: ESPIE-00017
Responsável: Profa. Dra. Patrícia Augustin Jaques
Colaboradora: Profa. Ms. Louise Jeanty de Seixas
Carga horária: 30 horas
Trimestre:
Objetivo(s):

Apresentar estratégias pedagógicas afetivas e cognitivas, de acordo com a teoria da construção do conhecimento de Piaget e a teoria socio-interacionista de Vygotsky, dando ênfase à sua aplicação em ambientes computacionais de aprendizagem.

Ementa/Sumário:

Esta disciplina aborda a utilização de estratégias pedagógicas em ambientes informatizados, com ênfase na teoria da construção do conhecimento de Piaget, e na teoria socio-interaccionista de Vygotsky.
As estratégias pedagógicas serão consideradas sob duas perspectivas: afetiva e cognitiva. A perspectiva cognitiva está relacionada com habilidades e processos, tais como, raciocínio, solução de problemas e aquisição de conhecimento; e a perspectiva afetiva envolve áreas emocionais, tais como, motivação, humor e emoções.
Em relação à cognição, é abordada principalmente a aquisição de conhecimento, através da equilibração das estruturas cognitivas, de acordo com a teoria piagetiana.
Para introduzir o tema das táticas afetivas, é necessário um embasamento na área da Psicologia das Emoções. Desta maneira, a disciplina apresenta conceitos de emoções e de outros estados afetivos e um breve histórico das teorias das emoções, para a melhor compreensão das principais teorias correntes de emoções que são empregadas pelos ambientes computacionais de ensino dito afetivos.
Segue-se a discussão sobre afetividade e aquisição de conhecimento na aprendizagem segundo Piaget e Vygotsky. Embora a sociedade ocidental não tenha dado grande importância à afetividade na aprendizagem, devido à visão dualista herdada de Descartes, as obras de Piaget e Vygotsky trazem um importante legado em relação a esse aspecto, apontando o papel das emoções e da motivação na aprendizagem.
Através da análise do processo de construção do conhecimento, de acordo com Piaget, e a identificação dos níveis de tomada de consciência do sujeito, são apresentadas possíveis estratégias pedagógicas, integradas às novas tecnologias de informação e comunicação.
Finalmente, são discutidos exemplos de sistemas disponíveis no mercado ou na Internet e/ou sistemas desenvolvidos no CPGCC/UFRGS e PPGIE/UFRGS, através de análises e comparações. A idéia é identificar elementos que compõem as estratégias pedagógicas nestes sistemas a fim de que o aluno saiba futuramente selecionar materiais e ambientes que empregam as táticas, assim como orientar a sua postura em aula em situações de educação presencial ou à distância.

O conteúdo da disciplina encontra-se organizado da seguinte maneira:

Introdução:

  • O processo de aprendizagem de acordo com Piaget;
  • A teoria sócio-interacionista de Vygotsky.

Afetividade:

  • O que são emoções X estados afetivos;
  • Histórico da teoria das emoções;
  • Afetividade na aprendizagem: segundo Piaget, Vygotsky e outros;
  • Introdução á área de Computação Afetiva: sistemas que consideram emoções de usuários;

Estratégias pedagógicas e as TICs.

Análise de sistemas computacionais:

  • Análise de software educacionais, tutores e sistemas inteligentes de aprendizagem em relação às estratégias pedagógicas empregadas por estes ambientes.
Bibliografia:

Piaget, J. (1974) Fazer e compreender. São Paulo, Melhoramentos / EDUSP, 1978.
______. (1974) A tomada de consciência. São Paulo, Melhoramentos / EDUSP, 1978.
______. (1975) A equilibração das estruturas cognitivas. Rio de Janeiro, Zahar, 1976
Vygotsky, L. S. (1998) Pensamento e Linguagem.- 2 ed.- São Paulo: Martins Fontes, 1998.
______. (1998) Vygotsky, L. S. A Formação Social da Mente: o Desenvolvimento dos Processos Psicológicos Superiores. Editora Martins Fontes, São Paulo, 1998.
______. (1994) The Problem of the Environment. In: VEER, R. V.; VLASINER, J. (Ed.). The Vygotsky Reader. Cambridge, MA: Blackwell. p. 338-354.
______. (1999) The Collected Works of Vygotsky. New York: Kluwer Academic & Plenum. v. 6.
Além dessa bibliografia, durante a disciplina, será indicado outros artigos científicos e capítulos de livros.

Anterior